Tabela do INSS – Salário de Contribuição 2019

Tabela de salários de contribuição dos empregados, empregado doméstico e trabalhador avulso, para pagamento da remuneração a partir de 1º. de janeiro de 2019. Portaria ME n. 9, publicada no DOU de 16/01/2019

Salário de contribuição (R$) Alíquota para fins de recolhimento ao INSS
Até R$  1.751,81 8%
De R$ 1.751,82 a R$ 2.919,72 9%
De R$ 2.919,73 a R$ 5.839,45 11%
Acima de R$ 5.839,45 Valor fixo de R$ 642,33

 

Salário de contribuição = total dos vencimentos menos os valores referentes ao salário família, faltas, DSR das faltas e atrasos não justificados.

Tabela de valores do salário Família – a partir de janeiro/2019                    

             Remuneração                       Valor da cota
Até R$ 907,77 R$ 46,54
De R$ 907,78 até R$ 1.364,43 R$ 32,80

Acima de R$ 1.364,43 – não tem direito ao salário família.

Fonte: Abelman Souza, adaptado da portaria n. 9 do Ministério da Economia, publicado em 16/01/2019 no Diário Oficial da União (DOU). O reajuste vale desde 1º de janeiro de 2019.

Marcado como: Nova tabela INSSSalário de ContribuiçãoTabela INSStabela INSS 2019

Contabilista e administrador de empresas, formado pela FECAP – Fundação Escola do Comércio Álvares Penteado em São Paulo. Tendo vivência em escritório de contabilidade, tesoureiro em associação sem fins lucrativos e gerente administrativo em indústria de balança eletrônica; atuando como consultor na área de administração de pessoal e também tendo atuado como facilitador do Sebrae-SP; atualmente vem exercendo a função de docente no Senac, unidade Jabaquara-SP, ministrando competências para os cursos técnicos e cursos livres.
  • Olá, gostaria de saber sobre falta não justificada, Uma funcionária faltou dois dias em uma semana e na semana seguinte mais um dia (houve folga mesmo após as faltas)! Quero saber se dentro do mês posso descontar os três dias e mais as duas folgas remuneradas?

  • Desculpe, mas gostaria de fazer uma pergunta de outro artigo desse site, sobre o abono pecuniário. Em que momento o valor do abono é depositado para o empregado? A lei diz que o limite máximo é 15 dias antes do fim do período aquisitivo, mas qual o período minimo? Posso pedir logo no inicio do período aquisitivo e já receber, por exemplo? (Desculpe perguntar nesse artigo, agradeço desde já)

    • Mayara, o abono pecuniário você deve solicitar em até 15 dias antes de vencer o período aquisitivo (antes de vencer as férias). Irá receber junto com o período de férias, em até 2 dias antes do gozo (período de descanso). Não receberá assim que pedir e sim quando for sair de férias.

  • Olá, estou trabalhando com um contrato temporário como professor visitante de uma instituição Federal, contribuo com o valor de 642,33 pois meu salário é acima de 6000,00. Acontece que estou gestante, terei direito a licença maternidade, porém ao contrário das professoras efetivas, meu salário maternidade será pelo INSS e não pela instituição. Servidor efetivo recebe o salário integral, eu também receberei? Ou será um valor teto do INSS? Ou ainda poderá ser um valor mais baixo? Estou muito preocupada e ninguém soube me esclarecer. Obrigada

    • Você receberá pela média dos seus salários de contribuição para o INSS, ou seja pelo teto da previdência. Após o nascimento do bebê ligue no telefone 135 e solicite o benefício.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *